Cédula de Cinquenta Cruzados Novos

blank

Cédula de Cinquenta Cruzados Novos

Descrição


Termo/Nome: Cédula de Cinquenta Cruzados Novos

Classificação: Objetos Pecuniários

Moeda brasileira de 16 de janeiro de 1989 a 16 de março de 1990. Foi consequência da reforma monetária promovida pelo Plano Verão. A temática das cédulas do sistema monetário brasileiro do Cruzeiro Novo é voltada para as grandes expressões da cultura nacional. A cédula de Cinquenta Cruzados Novos é dedicada ao poeta e cronista Carlos Drumond de Andrade ( 1902 / 1987). O formato é de 140 x 65 mm, padrão adotado para as notas do sistema monetário cruzados novos, e as cores dominantes são o cinza e o marron. No anverso da cédula traz éfige do homenageado e fixa alguns traços característicos da vida e obra do poeta. No fundo de segurança da cédula temos a figuração de pedras representando o minério e o calçamento de caminhos e ruas da antiga Itabira, também estão representados o casario da cidade as montanhas da região onde nasceu o poeta. O trecho manuscrito do poema “ Prece do mineiro no Rio”, é transcrito juntamente com sua assinatura. No canto direito, temos a autocaricatura de Drumond utilizada para o registro perfeito entre o anverso e o reverso. No reverso de segurança da cédula temos o desenho característico do calçamento de Copacabana – Rio, onde o poeta viveu muitos anos e produziu a maior parte de sua obra. Uma gravura representa o poeta em sua mesa de trabalho, domina a parte frontal da cédula. Á direita da gravura estão reproduzidos os versos do poema “ Canção Amiga”.

Contato